O bem estar na doença: como viver com cancro mantendo o sorriso!

Category : Bem-estar

Nada como os bons testemunhos de vida, daqueles que pelo seu exemplo se tornam inspiradores,  porque fazem o bem, porque tem actos de coragem, porque dão valor à vida, porque ajudam o próximo, porque mostram que mesmo sem saúde a vida tem sentido, porque tudo isso é possivel desde que se queira, desde que se viva por amor, desde que se tenha fé e acredite na vida eterna, ainda que por vezes seja doloroso, implique sofrimento e tudo o que de mau uma doença destas pode implicar…

Assim é Manuel Forjaz, casado, pai de filhos, professor, orador, um homem como tantos outros que chega aos 50 anos e pode dizer, que teve até agora uma vida recheada de aventuras e desventuras, sucessos e fracassos, alegrias e tristezas, realizações e frustrações. Um homem comum afinal. A doença veio, no entanto, desde há 5 anos reequacionar tudo. A partir da angustia e insegurança ao lidar de inicio com a realidade dura de uma doença, à partida incurável, iniciou um novo caminho que acabou por expor a todos os que o quiserem ver, ouvir e ler, não para se evidenciar mas essencialmente para viver este tempo com a intensidade de quem não sabe o quanto lhe resta e sobretudo ajudar outros, tantos outros que conhecem de perto essa realidade e não conseguem lidar tranquilamente com ela… E nos últimos meses são cada vez mais os que o seguem na página do facebook ou em encontros e almoços que promove.  Vale a pena ler a entrevista que deu há uns dias ao Diário de Notícias – Manuel Forjaz em entrevista ao DN

Alega que não tem medo da morte porque acredita na Vida Eterna e que nesta vida nada é impossivel, diz que mesmo perante o pior momento da vida, procura um sorriso e aconselha: faz deste ano o melhor da tua vida…

Obrigada Manuel Forjaz

O bem estar também passa por aqui