Retiro de Bem Estar: da ideia à prática!

Category : Nós aconselhamos

Deixamos hoje no nosso blog a ideia de um retiro por uns dias para reaprender e aplicar bons hábitos na sua vida; veja a sugestão do nosso blogger convidado, o programa Retrigo e passe à prática!

Como um Retiro ajuda a estabelecer hábitos saudáveis na sua vida!

Todos nós temos bons e maus hábitos como parte de nossos estilos de vida diários. Até agora, você provavelmente sabe que um retiro (de qualquer tipo) não só irá recarregar suas energias e melhorar a sua saúde mental e física, mas também irá ensinar-lhe habilidades duradouras e muito além da semana que você gasta no exterior. Se estes forem aprendidos adequadamente enquanto se ensinem, e colocados em prática depois que você retornou para casa, há o potencial de uma transformação nos seus hábitos para o resto de sua vida.

Receita para uma melhor existência 

O exercício regular, o alongamento, a meditação, o relaxamento mental e as técnicas de pensamento positivo, escapando dos limites da sua “zona de conforto”, melhores escolhas alimentares, receitas e técnicas de culinária estão entre as categorias de melhorias a serem feitas. Junte tudo e é quase impossível não desfrutar de uma qualidade de vida aprimorada quando empregada regularmente. Eles podem literalmente substituir, melhorar, ampliar, reformular e reinventar seu estilo de vida “antigo”.

O objetivo é viver mais tempo? Talvez, se é isso que você quer. Mais importante ainda, viver melhor, seja qual for o tempo que você estiver nesta terra. Todo dia será preenchido com mais energia, vigor, positividade e apreciação pelo mundo ao seu redor. Você certamente se tornará um indivíduo mais feliz, mais sereno e mais produtivo.

Como manter novos hábitos

Uma preocupação comum, para as pessoas que planeiam um retiro, é não manter o que começaram depois de voltarem para casa. A motivação é alta quando você está cercado por pessoas semelhantes e nesse ambiente, mas o que acontece com a energia e a disciplina quando não estão mais com você? As melhores intenções se derretem facilmente à medida que as semanas se passam, depois que o retiro acaba e você está de volta à sua “vida normal”.

Existem algumas coisas que você pode fazer para ajudar a garantir seu sucesso contínuo após o retiro. Quais são as chaves do sucesso para manter os bons hábitos?

  • Sair da sua rotina do dia-a-dia e assistir a um retiro é um grande salto. Você já quebrou seus padrões habituais. Bom começo!
  • Dê tempo suficiente para aprender corretamente, e criar impulso. Quanto mais você passar num retiro, mais provável é manter seus novos hábitos saudáveis quando você voltar.
  • O momento de voltar a entrar no seu ambiente habitual é crucial para os novos hábitos da vida. Ao chegar de volta a casa, invista tempo em todas as mudanças necessárias no seu espaço que irão promover o sucesso: crie uma zona de meditação designada em casa, livre de distrações e complete com música, velas e qualquer outra coisa que o ajude a se desconectar.
  • Use esse espaço (ou outro) para continuar com a Yoga também, ou encontre um estúdio nas proximidades onde você possa praticar. Não esqueça roupas apropriadas e um novo tapete de Yoga limpo.
  • Coloque “meu tempo” em seu calendário. Isso mesmo, como uma consulta. Não quebre seus compromissos consigo mesmo; lembre-se e não falte desnecessariamente.
  • Retire do seu cardápio todos os alimentos gordurosos, salgados e açucarados. Faça uma lista e compre em loja de alimentos saudáveis.

O bem estar passa mesmo por aqui

Bons hábitos alimentares: de pequenino se torce o pepino…

6

Category : nutrição

Sabe o importante que é dar a conhecer ao seu filho desde tenra idade, individualmente os distintos sabores dos legumes e da fruta variada?

Ainda me espanta que nos dias de hoje encontre mães a alimentar os seus bébés a partir dos 6 meses com papas instantaneas, sopas de legumes e carne ou peixe passadas a puré, iogurtes com banana e bolacha Maria esmagada na hora, tudo misturado… Este era um quadro de refeição para bébé, talvez classico dos anos 60 ou 70, mas que os anos 80/90 tendiam já para inovar. Hoje em dia, do que se sabe como mais indicado para uma criança em crescimento, não é nada disso e na prática torna-se muito limitativo.

A melhor forma de o seu bébé se adaptar desde cedo à variedade de legumes e fruta, é introduzir aos poucos os alimentos sólidos frescos; ainda que numa transição relativamente rápida possa alternar com pequenas doses de puré de apenas um ingrediente, pode a partir dos seis meses introduzir pequenos pedaços de legumes e fruta em cada refeição. Não se preocupe muito com a falta de dentes, há crianças que tem os primeiros dentes apenas a partir do primeiro ano e isso não é nem preocupante nem limitativo. No youtube é facil encontrar sugestões procurando por exemplo a referência finger foods for baby

E se a principio a prática é literalmente comer com as mãos, desenvolvendo a autonomia, depois é muito mais facil e rápida a passagem para o uso de um garfo ou de uma colher.

É essencial desde que tomam consciência, de que a refeição seja nutritiva, colorida, tranquila e até sendo possivel partilhada na companhia da familia à mesa na sua própria cadeira; a velha escola de contar a história da carochinha, do avião que vai a passar, e mais uma colher de sopa, já era… E atenção a dose deve ser adequada a uma criança, não é de todo indicado que coma doses de adulto porque a criancinha está a crescer e precisa de comer bem, não, esqueça lá isso.

À medida que o seu bébé vai crescendo, dos seis meses aos oito, depois com um ano, dezoito meses, dois anos, a pouco e pouco vão sendo introduzidos os vários legumes e frutas e desde cedo vão estando familiarizados com uma enorme variedade de legumes e frutas e naturalmente desenvolvendo as suas preferencias. A probabilidade de criarem o gosto por tudo o que é fresco e natural é muito grande e, claro, muito melhor para a saúde.

Ah e não caia na tentação de introduzir na alimentação nem chocolates, nem bolos, nem refrigerantes, nem sumos embalados, tudo carregadinho de açucares que sabemos de certeza irão gostar mas só criam vicio e não interessa nada para a alimentação de ninguém, muito menos de uma criança em crescimento.

O bem estar passa mesmo por aqui.

Metabolic Balance – Aprenda a regular o metabolismo

5

Category : Saúde

0023ae5d932f0b6b27ae09A alimentação desregrada, a solicitação permanente nas mercearias e supermercados de uma mega industria alimentar que nos alicia a cada momento, a multiplicidade de restaurantes e pastelarias que proliferam em cada esquina com menus apeteciveis e para todas as carteiras, tem inevitavelmente levado a que muitas pessoas tenham o seu peso acima, muitas vezes muito acima do que seria desejável.

Os hábitos alimentares tem vindo a alterar-se nas ultimas décadas e, básicamente, passa-se o dia a comer ou coisas que são a longo prazo pessimas para a saúde e sem qualidade nutritiva, ou alimentos que até são indicados para uma boa dieta alimentar; seja como for, passa-se o dia a comer desde o pequeno almoço até a uma eventual última ceia antes de dormir. Comer sabe bem mas na realidade processar tudo o que se come, sobretudo a forma como se come, afeta o metabolismo: é essencial um critério e alguma disciplina ou o peso vai ressentir-se.

O programa alimentar Metabolic Balance ensina a disciplinar o metabolismo retornando a antigos hábitos alimentares com resultados comprovados na perda de peso; é necessário fazer um conjunto de análises de sangue para depois se poder propor um programa alimentar personalizado assente em regras básicas: 3 refeições completas por dia, 5 horas de intervalo entre cada uma delas (pequeno almoço, almoço e jantar) e entre as quais se bebe essencialmente água; cada refeição deve ser composta de um modo geral por apenas uma proteína (carne, ou peixe, ou leguminosas), legumes ou vegetais (ora cozidos, ora crus), uma fatia de pão e uma peça de fruta (pelo menos uma maça por dia); entre o jantar (ultima refeição do dia) e o pequeno almoço (no dia seguinte), deverão passar pelo menos 12h.  A Metabolic Balance dispõe de um coach credenciado em Portugal  para o acompanhar pessoalmente no seu programa. Comprove este programa alimentar com resultados eficazes, eu fiquei adepta!

O Bem Estar passa mesmo por aqui

A rotina alimentar e o Bem Estar

1

Category : nutrição

23971107-uma-dieta-saudável-jantar-com-salmão-grelhado,-abacate,-tomate-e-queijo-cottage

Será mesmo importante ter uma rotina alimentar? Faça o teste e vejamos como responde as seguintes questões:

Você sabia que criar uma boa rotina alimentar é importante para manter uma alimentação saudável?

Você faz parte das milhares de pessoas que deixam para decidir o que comer quando a fome aperta?

Se respondeu “não” e “sim”, ALERTA VERMELHO – isso pode ser um problema!

Deixar a escolha para um momento de stresse, seja a correria do dia a dia, o excesso de afazeres e a fome excessiva, por exemplo, faz com que as opções não estejam ao nosso favor. As razões são diversas e podem ser explicadas desde a forma mais complexa – analisando a evolução do homem – à mais simples – raramente teremos alimentos de boa qualidade a nossa volta.

Visto assim pode parecer meio pessimista, mas essas escolhas ruins estão tão enraizadas na nossa rotina que, por muitas vezes, não nos damos conta. Parte desse processo não é consciente, tendo em vista que momentos de stresse fazem com que acessemos alimentos de alto teor calórico e, geralmente, de baixíssimo teor nutritivo – o cérebro inicia os seus mecanismos de sobrevivência e, nesse momento, qualidade é o que menos importa, certo?!

A educação alimentar ganha importância exatamente por interromper esse mecanismo de desespero do nosso organismo. A partir de agora, você já sabe que aquela coxinha super gordurosa ou aquele pacote de batatas fritas podem ser evitados – consciência e educação podem interromper o ciclo vicioso!

Ainda parece confuso? Vejamos um exemplo!

Uma pessoa que acorda muito cedo para ir ao trabalho, provavelmente sentirá fome no meio da manhã. Caso não haja um planejamento, quais serão as possíveis opções de lanche que ela terá acesso? Doces, biscoitos, salgados? Qual será a velocidade de mastigação? Quais serão os nutrientes absorvidos?

E agora, se identificou?

Calma, não precisa entrar em estado de ansiedade por isso.

A nutricionista da nossa equipe – Paula Leite – deixou algumas dicas para você melhorar a sua rotina alimentar:

1) Não saia de casa sem realizar o desjejum; o pequeno almoço é mesmo a refeição mais importante do nosso dia e também a mais ignorada pelas pessoas.
– Sabe aquela história de tomar café da manhã como rei, almoçar como príncipe e jantar como mendigo? Deveríamos tentar realizar mais ou menos isso no nosso dia a dia.

2) Caso seu trabalho tenha infraestrutura (geladeira e micro-ondas, por exemplo) leve marmita! Se não tiver, a solução é adquirir uma bolsa térmica de boa qualidade e levar sua refeição da mesma maneira – confira informações sobre o tempo de armazenamento em temperatura ideal. E se você não tiver tempo? Pode deixar pronta de um dia para o outro na geladeira, não tem problema! Quando preparamos nossa refeição temos um controle maior do que iremos comer.

3) E se você não quiser levar marmita? Nesse caso, quando for ao self-service, não se disperse olhando aquela variedade de opções – foque nos tipos de alimentos que planejou comer e pronto!
– Já reparou que a distribuição do self-service sempre começa com as saladas, isso não é à toa! Pense a respeito!

4) Leve lanches saudáveis de casa para comer ao longo do dia! Se esforce para, ao menos um para comer no meio da manhã e um para comer no meio da tarde.
– As porções e a distribuição irão variar de acordo com o tempo que você permanece fora de casa. Conte com um nutricionista para lhe ajudar nessa organização – somos os melhores profissionais para mostrar que não é impossível ter boas escolhas nos melhores tempos independente da sua rotina.

5) Na hora de montar sua marmita e seus lanches lembre-se de dar prioridade aos alimentos naturais – frutas, legumes, verduras, hortaliças, cereais – ponha de parte os alimentos processados e embalados!

Quer ter uma alimentação saudável? Comece descascando mais e desembalando menos!

www.equilibriostudio.com.br

O bem estar também passa por aqui…

Como prevenir a Psoríase: 10 dicas pelo seu bem estar…

Category : Informação

Blog do Bem Estar - O-que-é-psoríase-e-10-dicas-para-prevenir-a-doença-de-pele

Sabe o que é a psoríase? Talvez não, mas é provável que conheça alguém que a tenha. A psoríase é uma doença de pele crônica, hereditária e não contagiosa, formada por sintomas como lesões avermelhadas, pele seca, descamação e sangramento. Ela surge principalmente entre os 30 e 50 anos, mas também há casos de surgimento na infância, e aparece geralmente em locais como joelhos, cotovelos e couro cabeludo.

Ainda não se tem total conhecimento das causas da doença, mas se sabe de alguns fatores que podem fazer com que ela reapareça: infecções na pele e na garganta, frio, pele seca, stress, alimentação com gordura excessiva, tabagismo, alcoolismo, ingestão de alguns tipos de medicamentos, Aids/HIV e histórico familiar.

Sabendo que em determinadas condições a psoríase pode aproveitar para aparecer, fica mais fácil de conhecer algumas formas para a prevenir. Então se você ou algum conhecido tem psoríase, confira 10 dicas para evitá-la:

  • Hidrate seu corpo e use protetor solar;
  • Use shampoos e produtos anticaspa;
  • Tome um pouco de sol, o suficiente para seu corpo ganhar dele a vitamina D (30 minutos antes das 10h ou depois das 16h, o período do “Sol bom”)
  • Use roupas folgadas e confortáveis, preferencialmente de algodão;
  • Cuidado ao fazer as unhas e ao tirar a cutícula, pois sua camada de proteção pode ser removida, facilitando o aparecimento de uma infecção;
  • Tome banhos de água morna, usando sabonetes neutros e de glicerina e se desfazendo de buchas, já que retiram a camada de proteção da pele;
  • Vá ao dermatologista, pois ele saberá informa-lo sobre o seu caso de psoríase (já que existem diversos tipos) e qual o melhor medicamento tomar (ou não tomar) para a previnir;
  • Evite a ingestão de bebidas alcoólicas;
  • Procure não se desgastar emocionalmente, pois o stress pode ser a chave de volta para a psoríase aparecer e pratique desportos que libertem o stress, como a caminhada e a yoga.
  • Não fique só dentro de casa! Porque a psoríase é uma doença que afeta a aparência, muitas pessoas evitam o contato com outras pessoas e deixam de frequentar encontros sociais, pela baixa autoestima. Além disso, há quem ache que a doença possa ser transmitida, o que não é uma verdade. Portanto, não deixe que a psoríase afete o seu estado mental!

O bem estar passa mesmo por aqui

 

Dois milhões de visitantes depois…o bem estar passa mesmo por aqui!

4

Category : Informação

DSC_9706.PB

Um dia lançámo-nos à aventura pelo bem estar e lançámos o nosso blog apregoando aos quatro ventos O bem estar é uma escolha. Tome as decisões certas!

Hoje, mais de dois milhões de visitantes já passaram por aqui e encontraram ideias, práticas, caminhos, soluções para o seu bem estar. Se ainda não sabe, são pequenos milagres que estão ao alcance de cada um de nós: pondo amor em tudo o que faz, cuidando da sua alimentação, dando umas boas gargalhadas, fazendo mais e melhor por si e pelos outros, partilhando…

Obrigada a todos os nossos leitores que ao passarem por aqui encontram uma luz no seu percurso de bem estar. Bem Hajam!

Lembre-se, o seu bem estar e daqueles que estão perto de si depende, em grande medida e sobretudo, de si.

O bem estar passa mesmo por aqui

Quem cozinha o que você come?! O seu bem estar também passa por aqui…

4

Category : nutrição

Cantina+Montechiaro+-+Bacalhau+à+Portuguesa

Sem querer ser fundamentalista da nutrição, nem extremista da alimentação equilibrada há deveras uma questão que é essencial se nos preocupamos minimamente com o que comemos no dia a dia; se o que come regularmente é cozinhado,  preparado ou embalado pela industria alimentar, desengane-se porque já não é apenas aquilo que diz respeito aos nutrientes ou às calorias que estão indicadas nas etiquetas. O que é mesmo importante numa dieta saudável é o alimento ser preparado por si ou alguém que seja, de forma tradicional, com produtos de preferencia frescos, é tão simples como isto.

O alimentos preparados, cozinhados e embalados pelas empresas da industria alimentar sofrem um processo completamente diferente da simples cozinha tradicional, desde logo porque usam à partida uma vasta quantidade de sal, gordura, açucar e produtos quimicos que você não usa na sua propria comida… Depois, a industria alimentar procura ser sobretudo atractiva aos olhos, à carteira também pelos preços acessiveis e ainda convidativa ao falso desejo de comer por comer, criando o vicio quer dos snacks quer da refeição rápida, uma ilusão que se reflete em más consequências na sua saúde e muitas vezes no peso…

Não se iluda, o bem estar e a sua saúde convidam a voltar o mais possivel à cozinha tradicional, idealmente sentados à mesa em família ou com amigos. Nada melhor que uma boa refeição em boa companhia. Jamie Oliver tem sido um dos grandes apologistas da cozinha tradicional dando optimas pistas que pode ver aqui.  Conheça também o que Michael Pollan tem mostrado e explicado sobre a importância de uma cozinha tradicional.

O bem estar passa mesmo por aqui…

Preocupa-se com o seu bem estar? Aposte na prevenção!

3

Category : Bem-estar

IMG_8914TransfB

Todos sabemos que é importante comer frutas e legumes todos os dias mas nem sempre é fácil, prático e económico voltar aos bons hábitos; dá algum trabalho e sobretudo exige uma predesposição que muitas vezes não há. É mais fácil optar por uma sandwiche, um pacote de batatas fritas ou por uma sobremesa à refeição. Pois, mas a sua alimentação merece algum cuidado.

Hoje em dia vai sendo mais facil encontrar frutas e legumes da época, de boa qualidade, biológicos, orgânicos e principalmente maduros e é mesmo importante que os inclua diáriamente na dieta alimentar, sobretudo desde tenra idade porque é a melhor altura para criar os bons hábitos alimentares. Nesta época por exemplo aproveite e leve fruta e água para a praia.

Contudo, mesmo com a preocupação de uma alimentação equilibrada nem sempre conseguimos que seja perfeita e sobretudo as necessidades de cada um variam bastante; como boa alternativa para ter as quantidades diárias necessárias ao equilibrio da sua saúde o  Cellagon é uma excelente solução, mesmo para as crianças, pois reune um conjunto de factores essenciais:

  • frutas, legumes e plantas 100% naturais
  • provenientes de uma agricultura controlada, ou seja, biológica, orgância e colhidos em estado de maturação completa
  • sem conservantes, a conservação faz-se com um imãn no exterior da garrafa
  • engarrafados em garrafas de vidro prismático (vidro que reflecte a luz em vez de absorver)
  • concentrados a baixa temperatura, 29º apenas, através de um processo patenteado que mantém todas as propriedades dos ingredientes
  • muito práticos e fáceis de tomar, basta juntar água
  • excelentes sabores
  • muito ricos em anti-oxidantes, com elevadas unidades ORAC, tendo cada dose diária mais de 13.000 unidades
  • o custo diário de cada dose é inferior ao de um café e um bolo…

Muitas pessoas optaram já por tomar Cellagon diáriamente pelos benefícios evidentes na sua saúde: conheça alguns dos testemunhos e veja o pequeno  filme

O bem estar é um escolha. Tome as decisões certas.

Voltar aos bons hábitos: ao natural com bem estar!

3

Category : Saúde

wimbledon-hypnobirthing

 

A saúde é mesmo o bem mais essencial e precioso que cada um pode ter; sem saúde podemos muito pouco ou nada…

Tem sido impressionante quando tomamos consciência em cada semana, em cada mês, em cada ano, da quantidade de pessoas a quem é diagnosticado cancro,  que atravessam todo um calvario de tratamentos e sofrimento, e se alguns conseguem ultrapassar há tantos outros que deixam esta vida porque não conseguiram a cura… E cada vez mais é assim, uma realidade que parece incontornável.

Todos nós conhecemos alguém, e não é já apenas uma pessoa no nosso circulo de família e amigos, são várias perto de nós e perto daqueles que conhecemos e também aqueles que nem conhecemos mas sobre quem ouvimos falar. E faz-nos pensar realmente, porque não se trata de um virus, de uma epidemia, apenas e só o resultado de maus hábitos, tantos e maus que se vão repetindo diáriamente, duma enorme transformação na forma de vida a diversos níveis:

 

  • fumar está mais que comprovado é péssimo para a saúde não só dos que consomem tabaco como daqueles que estão por perto, nomeadamente as crianças
  • a industria alimentar bombardeia o mercado com alimentos processados que se consomem em grande escala
  • nas produções industriais os aditivos quimicos, conservantes etc são correntes
  • as crianças desde tenra idade são habituadas a consumir tudo o que pode ser nocivo e tantas vezes em excesso, o que inevitavelmente a longo prazo tem impacto na sua saúde ao longo da vida
  • a medicação excessiva e muitas vezes não devidamente acompanhada é uma realidade
  • os partos naturais são uma raridade e as mães parturientes são sujeitas a tratamentos, anestesias e a cesarianas com grande regularidade
  • a demasiada exposição ao sol e uso de cremes solares

Claro que tudo isto e muito mais teria de interferir na saúde e está a interferir na saúde de cada um de nós. E todos sabemos que é assim, não é preciso ir ler os relatórios científicos. Há por isso uma maior preocupação geral em voltar aos bons hábitos e quantas vezes é ao confrontarmo-nos com a dura realidade da doença que se alteram radicalmente os hábitos, se deixa o tabaco, se opta conscientemente por uma alimentação mais saudável, por perder peso etc

Há hoje um conjunto de opções alternativas que dão resposta aqueles que estão realmente preocupados com a saúde a começar pelo maior cuidado na alimentação ou mesmo pela criança que cresce na barriga da mãe: é na verdade aí que tudo começa e aí se deve fazer todo o possivel  para que a nova vida que vem ao mundo seja poupada desde logo de tudo o que possa ser nocivo à saúde tendo o cuidado do exercicio fisico e a alimentação saudável. E depois o próprio parto, com opção de poder fazer natural, sem medo da dor e ainda o importante que é poder dar de mamar descontraidamente sabendo que isso é realmente o melhor para o seu bébé. Entretanto, enquanto o seu filho cresce crie os bons hábitos alimentares desde logo evitando alimentos processados, açucar e sal. Na verdade isso é mesmo importante para que aprecie cedo os alimentos frescos e naturais e se mantenha saudável.

O bem estar passa mesmo por aqui

 

Hábitos saudáveis: saiba como pode influenciar positivamente os tratamentos de fertilidade

5

Category : Blogger Convidado

Screen Shot 2015-05-27 at 11.38.22

Hoje o post no blog do bem estar é de novo especialmente dirigido ao bem estar das mulheres, desta vez em parceria com a  Mater Prime

Os hábitos saudáveis sempre influenciam uma melhor qualidade de vida, mais bem-estar e mais saúde, independe de homem ou mulher e da idade. As atividades físicas, a alimentação saudável, quantidade adequada de sono sempre são fatores positivos, mas no caso das mulheres que tentam engravidar eles são ainda mais essenciais para o sucesso da gravidez e também para um parto saudável.

Muitos casais têm problemas para engravidar e precisam de optar por tratamentos de fertilidade para terem sucesso na gestação. Nesses casos, os hábitos saudáveis podem influenciar assistencialmente na fertilidade, pois são diversos os fatores que podem ser benéficos ou prejudiciais a fertilidade, tanto feminina quanto masculina.

Quando o casal tem dificuldades de engravidar após um ano de tentativas, o indicado é que se procure uma clínica especializada onde serão investigadas as causas da infertilidade. Durante este período, no entanto, é fundamental que o casal mantenha hábitos saudáveis, como:

  • Prática de atividades físicas
  • Alimentação equilibrada
  • Períodos regulares de sono
  • Manter-se afastado de vícios: álcool, cigarro e drogas

Fatores de infertilidade

Alguns hábitos diários influenciam diretamente na qualidade do material genético tanto do homem como da mulher e diversos fatores podem influenciar negativamente na qualidade dos espermatozoides e óvulos. Entre os aspectos negativos que devem ser evitados estão:

  • stress
  • excesso de peso
  • sedentarismo
  • uso permanente de medicamentos

Dessa forma, é importante que antes mesmo de procurar uma clínica e considerar a realização de tratamentos de reprodução assistida, o casal procure ao mesmo tempo as alterações no estilo de vida que vão influenciar positivamente no sucesso da gravidez.

Como inserir novos hábitos no dia a dia?

O suporte do casal um com o outro é fundamental para o sucesso da empreitada. Comecem com o fator sono, pois com a quantidade adequada de sono todas as noites será mais fácil iniciar a prática de desporto e haverá mais disposição para o dia a dia.

A alimentação também será um fator fundamental para regular fatores como peso, stress e nutrientes no organismo, favorecendo ainda a energia, a disposição e o bem-estar. Por fim, comece a praticar desporto regularmente, respeitando os limites do corpo, e com o tempo intensifique a quantidade e a intensidade dos exercícios.

O bem estar pasa mesmo por aqui.