O bem estar na adversidade…

Category : Bem-estar

115983_Papel-de-Parede-Ajudando-o-proximo_1440x900Uma das frases chave do nosso blog é O bem estar é uma escolha, tome as decisões certas! Parece fácil dirão alguns, escolho viver com bem estar e isso determina que a minha vida será vivida com bem estar!? É mais ou menos isso.

Há que estar à partida ciente de que nesta vida e neste mundo, nem tudo é absoluto e perfeito portanto, antes de mais, não se martirize desnecessáriamente. A adversidade faz parte da vida e superar as adversidades é o grande exercício que nos põe à prova a capacidade de enfrentar e ultrapassar os obstáculos que invariavelmente surgem na caminhada de cada um. Todos tropeçamos em problemas, sejam eles quais forem, de maior ou menor impacto e dimensão; independentemente de sermos mais ou menos inteligentes, estarmos mais ou menos contentes,  da vida nos correr mais ou menos bem, todos nos confrontamos com problemas, desavenças, lutas, desafios, dificuldades. Todos sem excepção. O segredo está mesmo em como lidar com as situações, na forma de ultrpassar um mau momento, como passar para lá dos obstáculos. Ao empreender nos problemas, acredite, só vai sobredimensioná-los e criar uma barreira mais dificil de ultrapassar.

Uma das situações complexas de gerir é a doença e o sofrimento que dela tantas vezes advem. Se conseguir entender que a dor, a tristeza ou o sofrimento fazem parte duma mesma equação que é a vida, exactamente na mesma dimensão que o amor ou a alegria, verá que é mais facil relativizar tudo e sobretudo aprenda a dar valor aquilo que tem, a começar pelo dom da vida. Inspire-se naqueles que, na mesma situação, conseguem viver com bem estar.

Viver na doença é um enorme desafio. Procure maximizar o seu bem estar antes de mais para seu benefício estando perto de pessoas alegres, mantendo o sorriso, aprofundando a fé, partilhando bons momentos com outros.

Na verdade aprender a lidar e superar as adversidades é o que nos faz ser quem somos. Cada desafio, a cada dificuldade que enfrentamos com êxito na vida serve para fortalecer a nossa força de vontade, confiança e capacidade de vencer os obstáculos futuros.

A escolha é, de facto, em grande parte sua. Escolha o bem estar.

 

 

 

 

 

 

A todos chegará a hora de partida; pois que seja cheio de saúde e bem estar porque doente é uma maçada!

2

Category : Saúde

200188863-002

A longevidade é nos nossos dias uma realidade evidente: são cada vez em maior numero as pessoas que vivem mais tempo e, na verdade, a chamada velhice tem vindo a chegar cada vez mais tarde. Se pensarmos que em meados do século passado uma pessoa com sessenta anos não teria muitos mais anos de vida, salvo algumas excepções, hoje em dia um sexagenário está ainda no seu explendor, tem ainda pela frente com grande probablidade umas décadas para viver…

Estamos na realidade a viver, em média, cerca de mais 30 anos do que há cem anos atrás e isso muda forçosamente a perspectiva de vida.

A questão não é prolongar a vida ou querer viver o mais possível, não; pelo contrário, se estamos de facto a viver mais tempo, nada como antecipadamente fazer a prevenção do bem estar para as últimas décadas de vida. É cada vez mais comum chegar aos 80, aos 90, aos 100. Por exemplo em Inglaterra há uns anos havia o hábito de a rainha felicitar por carta os seus subditos que chegavam aos 100 anos; not anymore! Porquê?! Claro, cada vez há mais pessoas a chegar aos 100 e a rainha Isabel deixou de poder dar vasão a tantos cartões de felicitação a centenários! Agora só felicita By appointment!

E afinal como quer viver as ultimas décadas da sua vida?! A cair da tripeça ou com alguma qualidade?! Daí o nosso lema: melhor mesmo é morrer com saúde porque morrer doente é uma maçada!

Sabe que pode garantir a qualidade da sua saúde mental e física até ao fim dos seus dias? E que isso depende em grande medida de si próprio?! É tudo uma questão de manter bons hábitos; deixamos aqui algumas regras de base muito simples.

  • limpar os dentes com fio dental diariamente reduz as infecções;
  • beber café, máximo 2 por dia e sem açucar;
  • beber água;
  • dormir 6 a 8 horas;
  • sexo com regularidade, ou seja, 3 a 4 vezes por semana;
  • viver perto dos pais ou com os pais;
  • encontrar-se e conviver com os amigos com regularidade;
  • rir
  • manter-se activo após a reforma;
  • fazer exercício físico regularmente;
  • comer muitas frutas e legumes;
  • não ultrapassar as 40-50 horas de trabalho por semana;
  • meditar e orar

Novas ideias e boas iniciativas para o seu bem estar!

Category : Informação

images

O bem estar e a felicidade de um modo geral, todos sabemos, não cai do céu. Momentos especialmente felizes assim como situações de grande tristeza, todos experimentamos, é mais que verdade; fazem parte do percurso da vida, não necessariamente na mesma proporção, mas com certeza sempre vividos de forma bem diferente por cada um de nós.  Às vezes pensamos que deve haver um segredo bem guardado para algumas pessoas que, aparentemente não teriam qualquer razão para ser felizes e são! E outras que supostamente teriam tudo para o ser e não são…Que complexo! E que tal descomplicar?!

Como saber lidar da melhor maneira com os momentos mais difíceis e sobretudo de que maneira podemos diariamente fazer mais pelo nosso bem estar e pela nossa felicidade!? É indiferente se somos novos ou temos idade avançada, se está sol ou chove torrencialmente dias e dias seguidos, tudo parte de dentro de cada um e é importante que tenha consciência de que são infinitas as possibilidades da vida que é, já de si, uma enorme benção!

O projecto EduCoaching surgiu para dar resposta a quem procura criar, desenvolver ou consolidar novas ideias e novos desafios. É muito bom quando se organizam iniciativas em que podemos partilhar ideias, reflectir, aceitar novos desafios criativos; no dia 26 de Abril integrado no projecto EduCoaching vão realizar-se as Conversas sem Pés nem Cabeça sobre… e desta vez o tema é a Felicidade; a professora Helena Águeda Marujo, Professora do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa e autora de vários estudos sobre psicologia positiva, será uma das participantes.

Fica o convite para um sábado especial num local especial com gente especial. Portugal ferve de boas iniciativas!

O bem estar é uma escolha.

O bem estar na doença: como viver com cancro mantendo o sorriso!

Category : Bem-estar

Nada como os bons testemunhos de vida, daqueles que pelo seu exemplo se tornam inspiradores,  porque fazem o bem, porque tem actos de coragem, porque dão valor à vida, porque ajudam o próximo, porque mostram que mesmo sem saúde a vida tem sentido, porque tudo isso é possivel desde que se queira, desde que se viva por amor, desde que se tenha fé e acredite na vida eterna, ainda que por vezes seja doloroso, implique sofrimento e tudo o que de mau uma doença destas pode implicar…

Assim é Manuel Forjaz, casado, pai de filhos, professor, orador, um homem como tantos outros que chega aos 50 anos e pode dizer, que teve até agora uma vida recheada de aventuras e desventuras, sucessos e fracassos, alegrias e tristezas, realizações e frustrações. Um homem comum afinal. A doença veio, no entanto, desde há 5 anos reequacionar tudo. A partir da angustia e insegurança ao lidar de inicio com a realidade dura de uma doença, à partida incurável, iniciou um novo caminho que acabou por expor a todos os que o quiserem ver, ouvir e ler, não para se evidenciar mas essencialmente para viver este tempo com a intensidade de quem não sabe o quanto lhe resta e sobretudo ajudar outros, tantos outros que conhecem de perto essa realidade e não conseguem lidar tranquilamente com ela… E nos últimos meses são cada vez mais os que o seguem na página do facebook ou em encontros e almoços que promove.  Vale a pena ler a entrevista que deu há uns dias ao Diário de Notícias – Manuel Forjaz em entrevista ao DN

Alega que não tem medo da morte porque acredita na Vida Eterna e que nesta vida nada é impossivel, diz que mesmo perante o pior momento da vida, procura um sorriso e aconselha: faz deste ano o melhor da tua vida…

Obrigada Manuel Forjaz

O bem estar também passa por aqui

Sabe como pode usar correctamente a sua inteligência emocional?! Veja aqui umas boas pistas para o seu bem estar!

Category : Bem-estar

A regra de ouro nos dias que correm é mesmo não se deixar abater, desanimar, esmorecer, deprimir, perante as dificuldades com que se depara na vida. Todos, mas todos sem excepção, passam momentos mais complicados e enfrentam desafios inesperados, na mesma proporção em que também vivem momentos de grande alegria e felicidade. É mesmo assim a vida.

A verdade é que nem todos tomam consciencia destas realidades da mesma forma; utilizar a inteligência emocional de forma correcta permite conhecermo-nos melhor e lidar mais facilmente com momentos marcantes das nossas vidas.

Isabel Abecassis Empis  explica que podemos usar o que aprendemos através do que somos, do que sentimos, em vez de perdermos tempo em teorias, discursos, opiniões e sobretudo em julgamentos. Com algumas publicações nestas matérias, (ver aqui), a psicóloga deixa algumas pistas de como usar a inteligência emocional e não se deixar invadir por pensamentos negativos que só destroem a sua saúde mental! Acredite, podemos ser sempre mais e melhor do que somos.

A psicóloga tem desenvolvido cursos de formação complementar em psicologia abertos a todos. Veja mais informação aqui.

O bem estar é uma escolha. Tome as decisões certas!

Envelhecer sem ficar velho…

6

Category : Bem-estar

Muito a propósito de bem estar e em boa hora,  Maria José Costa Félix, autora de variadissimos livros que muitos conhecem, publica este mês um novo trabalho de grande interesse e que, segundo a propria, lhe deu enorme satisfação fazer. Ao longo de cerca de um ano entrevistou 20 pessoas cujo denominador comum é terem mais de 80 anos, gosto pela vida e terem posto de lado qualquer estigma de velhice que normalmente a idade avançada acarreta.

No minimo é inspirador que haja pessoas que encarem o último ciclo da vida de forma tão positiva permanecendo activos tanto quanto possivel, num ritmo as vezes até surprendente… Pois se estamos a viver em média mais 30 anos do que no século passado, há este novo aspecto na forma de encarar a vida; se antigamente uma pessoa de 60 anos estaria com a maior das probablidades muito perto do fim da vida, hoje em dia pode chegar aos 70 e sentir claramente que terá mais algumas décadas pela frente o que, diga-se, psicologicamente tem um impacto brutal!

Na verdade o que a Maria José Costa Félix se apercebeu é que todas estas pessoas estão bastante activas aos 80, aos 90, aos 100!!!! Mantem os interesses, o convivio, as actividades mais diversas, o entusiasmo e esse foi o motor que as moveu independentemente do avançar da idade. O segredo é mesmo Envelhecer Sem Ficar Velho.

Prepare-se. O bem estar também passa por aqui

 

 

A idade, a sabedoria e o bem estar…

Category : Gratidão

Todos sabemos que a sabedoria vem com a experiência de vida e isso é tanto mais evidente quanto mais caminhamos na nossa propria vida… Ninguém nasce ensinado isso é mais que certo  e a vida encarrega-se de nos ensinar muita coisa, tanta que nem podiamos imaginar!  É interessante lembrarmos os conselhos que os mais velhos davam quando eramos novos e respondiamos com um simples encolher de ombros, seguros de que sabiamos tudo sobre a vida. Pois é. A sabedoria vem mesmo com a idade e claro que só tomamos consciência à medida que vamos caminhando no tempo de passagem que nos é posto milagrosamente à disposição. Claro, a partir de certa altura começamos nós a dar conselhos aos mais novos, assim como nós também ouvimos dos que eram mais velhos e desprezamos com sucessivos encolher de ombros. É mesmo assim, faz parte.

A vida é uma benção que nos foi dada “de bandeja”; há que saber dar-lhe o devido valor, vive-la com serenidade, bem estar, escolher o melhor caminho usando uma bússola própria que ajude na orientação do bem, do amor, do que é realmente importante. E não se iluda, espinhos há sempre.

Veja aqui o testemunho que esta semana  Miguel Esteves Cardoso  deu numa entrevista à RTP.

 

Continuar bonita e em forma… mesmo depois da menopausa!

4

Category : Saúde

Há uns anos, e não foram tantos assim, havia o estigma de que uma mulher de 40, 50 era já velha. A menopausa era de certa forma uma fronteira de passagem para um ultimo ciclo de vida em que pouco já restava para fazer a não ser desempenhar o papel de avó. Velha para ter filhos, velha para se vestir duma forma descontraida, velha para saltar e pular ou ter brincadeiras com os filhos ou mesmo netos; as mais ousadas eram até vistas com alguma desconfiança, apontadas de comportamentos ou posturas inadequadas para a idade.

Como tudo mudou, desde o século passado até porque a esperança de vida é hoje muito maior, como se se tivesse acrescentado na vida de cada uma de nós mais um ciclo inteiro de praticamente 30 anos. Vivemos muito mais e claro, a attitude perante a vida é forçosamente diferente.

Mesmo passando a menopausa a jovialidade, a beleza, a feminalidade, a descontracção tudo na mulher faz sentido e não há mais a ideia errada de que já não tem idade para isto ou para aquilo. Fazer desporto, usar roupas descontraidas, cuidar-se, namorar, desfrutar, tirar partido isso sim.

Para estar bem e sentir bem há aque ter mais cuidados sem duvida O temor da menopausa tem muitas vezes a ver o aumento de peso, a alteração da silhueta. A melhor forma de prevenção é precaver-se e adoptar bons hábitos antes que seja tarde. É natural uma ligeira e gradual alteração hormonal pois começa a reduzir o estrogeneo e a gordura corporal tem tendencia a aumentar naqueles sitios fatais. A verdade é que começa a haver menos gasto de energia e inadvertidamente come-se mais do que é preciso…

Não  desespere, mantenha uma boa dieta alimentar: evite alimentos gordurosos e açucarados (um conselho também válido para todas as idades) e prefira o peixe –  que é uma excelente fonte – mais muito importante coma salada e verduras sem moderação e plantas

Finalmente, algumas plantas podem ser um complemento alimentar. A bardana e o videira vermelha  são conhecidas por favorecer a eliminação de resíduos e água. Esta última também é conhecido por seu papel de tónico venoso. Outros, como a palma (Opuntia ficus-indica) e o guaraná, ainda ajudam o corpo a queimar gordura.

Finalmente, algumas plantas podem ser um complemento alimentar. A bardana e o videira vermelha  são conhecidas por favorecer a eliminação de resíduos e água. Esta última também é conhecido por seu papel de tônico venoso. Outros, como a palma (Opuntia ficus-indica) e o guaraná, ainda ajudam o corpo a queimar gordura.

O bem estar é uma escolha. Tome as decisões certas!

Revolução da longevidade: a crescente importância do apoio no terceiro ciclo da vida.

Category : Nós aconselhamos

600_aging

 

 

 

 

 

Não é mistério nenhum, estamos todos mais que cientes de que vivemos nos nossos dias uma autêntica Revolução da Longevidade: pois é, estamos a viver em média cerca de 30 anos mais do que no século passado…

A esperança de vida tem vindo a aumentar gradualmente embora se saiba que, em princípio, isso não quer dizer que a espécie humana se torne imortal!  A Microbiologia confirma que as células, uma vez que apenas se podem dividir um número limitado de vezes, mesmo que se tenha a melhor saúde do mundo toda a vida, a morte do corpo físico é certa e o limite será, mais ou menos e na melhor (ou pior!) das hipóteses ao que tudo indica, os 120 anos! Aliás, e apenas a titulo de curiosidade, o Gerontology Research Group nos EUA conta com investigadores que estudam essencialmente a longevidade e classificaram um grupo constituido actualmente por 57 pessoas em todo o Mundo (51 mulheres e 6 homens!…) os supercentenários, justamente aqueles que têm 110 ou mais anos de vida…

Com efeito, foi como tivessemos adicionado mais um ciclo inteiro de vida de adulto à espectativa de vida e estamos ainda a adaptarmo-nos a esse novo paradigma… O lado bom é que felizmente a tendência tem vindo no sentido de aceitar  a idade não como uma patologia, um declinio mas sim um terceiro acto com enorme potencial de bem estar e felicidade.

Como não podia deixar de ser, esta nova realidade tem alterado muita coisa na sociedade e na forma de vida. Por força das circunstâncias, novas infraestruturas surgiram como os centros de convivio para seniores, as residências, os programas de lazer, as mais diversas soluções de apoio etc que procuram dar resposta e criar condições para que se vivam em conforto e bem estar estes últimos anos de vida.

A Hope Care é uma empresa portuguesa que se apresenta como uma alternativa tentadora dispondo de serviços úteis nomeadamente de teleassistência e telecuidado para pessoas de idade avançada e com necessidades especiais  ou em situação de dependência, que disponibiliza assistência de cuidados sociais e de saúde, numa lógica de soluções globais e integradas.

O bem estar também passa por aqui.

 

Ano Novo, Vida Nova: reinvente-se!

3

Category : Acreditar

Nada melhor do que o ano novo a começar para definir objectivos, clarificar ideias, acreditar, fazer acontecer. Há em cada um de nós, como que um renascer, uma vontade renovada! E é muito bom que asim seja porque sabemos que para alguns esta altura tem um efeito quase preverso em que os pensamentos negativos se acentuam, a desilusão invade o espírito e nada parece fazer sentido…

Felizmente existem as ferramentas para combater a corrente negativa e que ajudam os que mais precisam a retomar o seu caminho e a acreditar: lembre-se que só você consegue fazer a diferença na sua vida e que a vida é, na realidade, conforme você a desenha!

Sabemos que para muitas pessoas, perante uma certa situação, a mente fica vazia, o pensamento não é claro, a angústia invade o ser, o desespero  bloqueia as ideias, o estômago começa a dar nós, a energia desvanece… O médico espanhol Mario Alonso Puig partiu deste patamar para perceber o funcionamento da mente humana e sugere um convite irrecusável: reinvente-se!

Isto não quer dizer que tem de se tornar numa pessoa diferente, mas sim que pode caminhar num processo de autoconhecimento, onde de forma progressiva descobrirá o seu verdadeiro ser. Um espaço dentro de si que não conhecia, mas que é surpreendente e mágico. A angústia e o sofrimento que vivemos no dia-a-dia são uma opção. É uma forma de olhar a vida, sobrevalorizando as culpas do passado. Mas, na verdade, a nossa natureza fundamental é feita de serenidade, alegria, criatividade, amor e energia que transformam por completo o nosso dia-a-dia, trazendo maior calma, ilusão e confiança para as nossas vidas.

O livro de Mario Alonso Puig está publicado em Portugal na Esfera dos Livros e já chegou ao Brasil através da editora Livros de Safra onde está a ser um sucesso. Veja aqui e aproveite este novo ano para reinventar-se!

O Bem Estar também passa por aqui!

E já agora muito a propósito de Brasil e de Bem Estar deixamos aqui uma pista muito interessante para quem quer trabalhar nesta área; faça uma visita ao site http://vidajobs.hpw.com.br/ onde encontra novas oportunidades todos os dias!