Bem estar de qualidade? Oiça uma música e relaxe!

Category : Bem-estar

mulher-musica-relaxa-600

Fazer uma boa massagem é sem dúvida uma excelente forma de relaxar, no entanto, está provado que ouvir música – além de obviamente mais barato e sem precisar de marcação – parece ter efeitos ainda melhores. Um novo estudo do Health Research Institute sugere que os pacientes com ansiedade reduziram os sintomas depois de três meses com 10 horas de massagens mas, surpreendentemente, os investigadores chegaram à conclusão de que as massagens não tiveram tão bom efeito na ansiedade como a experiência de apenas deitar o paciente e faze-lo ouvir músicas agradáveis e relaxantes…

Ouvir um bom som é afinal mais barato do que fazer sessões de massagem e pode ser feito juntamente com os tratamentos convencionais contra ansiedade. Nada como relaxar e ouvir uma boa música e se quiser queimar calorias, aproveite a música e dance!

A música estimula os sentidos, desenvolve a capacidade de atenção, a memória, a criatividade e para alem disso interfere no equilíbrio das emoções.

A musicoterapia é também um método fácil de improvisar em casa porque essencialmente o que terá de fazer é ouvir uma boa música, de preferência relaxante, e vai notar a diferença.

Veja só o que pode fazer por si:

1 – Diminuir a ansiedade e as complicações cardíacas
2 – Aumentar a disposição física e mental
3 – Promover o equilíbrio da tensão arterial
4 – Melhorar a resistência física
5 – Relaxar em situações de grande stress
6 – Estimular o bom humor
7 – Deixar a mente serena
8 – Melhorar a concentração nas actividades intelectuais
9 – Deixar mais apuradas as sensações gustativas, olfactivas e visuais
10 – Aliviar a dor de cabeça

O bem estar também passa por aqui.

Musica para os meus ouvidos e para o meu Bem Estar…

Category : Bem-estar

Como vem sendo habitual, partilhamos todos os meses um post com o Blog ConsultaClick Portugal o blog do site consultaclick.com; aqui pode fazer a marcação online de consultas de uma vasta quantidade de especialidades!

Embora nem todos tenham a mesma sensibilidade para a música ou sequer a consciência da importância que a música pode ter, por exemplo, na educação, é certo que ouvir uma boa música é um conforto, uma forma de Bem-Estar…

Claro que há sempre quem tenha especial vocação para “dar” música mas essa, na verdade, não interessa nada.

A música estimula os sentidos, desenvolve a capacidade de atenção, a memória, a criatividade e para alem disso interfere no equilíbrio das emoções. São também conhecidos os seus benefícios em terapêuticas como atestou Cristiane Ferraz; a psicóloga e musicoterapeuta do Serviço de Terapia da Dor e Cuidados Paliativos e Oncologia do Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE) afirma que a música, quando usada como instrumento psicoterapêutico de reabilitação, de conforto e bem-estar, tem resultados muito positivos.

A musicoterapia existe como técnica especializada mas de certa forma pode ser fácil de cada um improvisar em casa porque essencialmente o que terá de fazer é ouvir uma boa música, de preferência relaxante, e vai notar a diferença.

Veja só o que pode fazer por si:

1 – Diminuir a ansiedade e as complicações cardíacas
2 – Aumentar a disposição física e mental
3 – Promover o equilíbrio da tensão arterial
4 – Melhorar a resistência física
5 – Relaxar em situações de grande stress
6 – Estimular o bom humor
7 – Deixar a mente serena
8 – Melhorar a concentração nas actividades intelectuais
9 – Deixar mais apuradas as sensações gustativas, olfactivas e visuais
10 – Aliviar a dor de cabeça

O Bem Estar também passa por aqui…

 

Musica para os meus ouvidos…

Category : Eventos

Há pouco mais de uma ano publicamos aqui no blog o post Bem Estar? Dá-me música! que destacava precisamente a importância que a música pode ter na educação; é certo que aprender a ter sensibilidade para a música desde que se é pequeno, faz toda a diferença.

A música é uma das vertentes essenciais na vida, ouvir uma boa música é indiscutivelmente, uma forma de Bem-Estar…

No Conservatório de Música da Metropolitana formou-se um grupo jovem  constituido pelos Pequenos Violinos da Metropolitana alunos que abordam a música através do método de ensino concebido pelo japonês Shinichi Suzuki em meados do século XX. Trata-se de um modelo pedagógico que se baseia na aprendizagem do instrumento pela via da assimilação intuitiva (algo parecido com a aprendizagem da nossa língua-mãe). Um dos aspectos interessantes é a participação activa dos pais neste processo o que transforma cada apresentação num momento especial para todos.

O Rafael é apenas um dos pequenos no meio de tantos outros que tem o privilegio de estar a crescer no meio da música e por isso fazer parte deste grupo que vai actuar no dia 19 de Maio no Grande Auditório do CCB; obrigada Rita por ter dado a oportunidade ao Rafael de, desde pequeno, se envolver no mundo da música e a todos os pais que incentivam nos filhos actividades bem enriquecedoras para as suas vidas, eles serão o futuro e o futuro precisa deles!

O Bem Estar é uma escolha!

Todos temos talento: é só descobri-lo e divulgá-lo por si e pelos outros!

2

Category : Eventos

Estivemos ontem na conferência promovida pela Talenter no Tivoli em Lisboa, anunciada na fachada com um grande cartaz, a Talenting the Impossible. O desafio despertou desde logo interesse e fomos muitos os que tivemos o privilégio de passar ali uma tarde extremamente enriquecedora; saímos muitíssimo mais ricos, autênticos milionários do tipo de riqueza que não se mede em conta bancária ou em bens materiais  mas sim em optimismo, em atitude, em proactividade, tocados pela primazia do que é realmente importante na vida: todos temos um tesouro dentro de nós, muitas vezes desconhecido, e se fizermos por isso pode, não só revelar-se como pode ser usado positivamente também em beneficio de outros. É extraordinário e mais, para os mais cépticos, saibam  que este grandioso repto está provado cientificamente!

Os excelentes oradores, Helena Marujo e Rui Fiolhais, qualquer um deles proactivadores da atitude positiva, moderados pelo não menos espectacular João Catalão, interagiram com um publico que participou activamente na dinâmica proposta. A culminar que nem cereja em cima do bolo, o extraordinário João Carlos Martins, o brasileiro filho de um português de Braga,”só” o pianista brasileiro considerado o melhor interprete de Bach que deu ao longo da vida concertos no mundo inteiro, hoje Maestro da sua própria orquestra, a Orquestra Bachiana, empurrado por diversas contrariedades que, não só nunca o deixaram cair como sempre as encarou como grandes desafios que a vida propõe a cada um; porque a vida considera-a uma verdadeira benção e por isso não se cansa de a por ao dispor de tudo o que está ao seu alcance e fazer a diferença. Uma lição enorme na riqueza que trás consigo, na humildade, na generosidade, na gratidão. Esta é a dimensão do novo paradigma; há que proclamá-lo por todo o lado.

Bem-Estar? Dá-me Música…

1

Category : Música

Embora nem todos tenham a mesma sensibilidade para a música ou sequer a consciência da importância que a música pode ter, por exemplo, na educação, é certo que ouvir uma boa música é um conforto, uma forma de Bem-Estar…

Claro que há sempre quem tenha especial vocação para “dar” música mas essa, na verdade, não interessa nada.

A música estimula os sentidos, desenvolve a capacidade de atenção, a memória, a criatividade e para alem disso interfere no equilíbrio das emoções. São também conhecidos os seus benefícios em terapêuticas como atestou Cristiane Ferraz; a psicóloga e musicoterapeuta do Serviço de Terapia da Dor e Cuidados Paliativos e Oncologia do Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE) afirma que a música, quando usada como instrumento psicoterapêutico de reabilitação, de conforto e bem-estar, tem resultados muito positivos.

A musicoterapia é afinal fácil de improvisar em casa porque essencialmente o que terá de fazer é ouvir uma boa música, de preferência relaxante, e vai notar a diferença.

Veja só o que pode fazer por si:

1 – Diminuir a ansiedade e as complicações cardíacas
2 – Aumentar a disposição física e mental
3 – Promover o equilíbrio da tensão arterial
4 – Melhorar a resistência física
5 – Relaxar em situações de grande stress
6 – Estimular o bom humor
7 – Deixar a mente serena
8 – Melhorar a concentração nas actividades intelectuais
9 – Deixar mais apuradas as sensações gustativas, olfactivas e visuais
10 – Aliviar a dor de cabeça

Here Comes the Sun

Category : Música

Ao longo desta semana, desde que o Itunes lançou  os discos Beatles, o album mais vendido foi o Abbey Road e a musica mais vendida foi esta. Só dizer “Here Comes The Sun” leva-nos instantaneamente para a melodia que ouvimos já vezes sem conta e gostamos sempre. E o sol chega ao nosso dia e a alma fica quentinha. Que bom, especialmente num dia frio como hoje.

O Sol é sempre uma boa inspiração. Simplesmente, sem ele não seria possível a vida no nosso planeta, é a luz e a fonte de energia.

E mesmo que esteja escondido atrás das nuvens, é deixa-lo entrar na alma e aproveitar o calor e a luz…faz cá uma diferença!!!

O Bem-Estar é uma escolha, para ter tenho de querer. Eu quero!

(Clique em “Ler o artigo todo…” para ouvir a música)