Bem Estar para 2017: prepare meticulosamente o novo ano!

4

Category : Bem-estar

f52cee1f-e4b5-480a-a32d-b327867d87edEis que perante um novo ano que começa, já fizemos um balanço do que passou e preparamos com entusiasmo uma nova etapa: nada como agarrar a oportunidade para estabelecer o compromisso de fazer melhor, mudar o rumo, programar objectivos concretos, alcançar metas; a atitude é essencial e o poder da mente é bem maior do que pode imaginar!

É fantástico porque chegamos a esta altura e todas as possibilidades estão em aberto, a vontade de fazer mais e melhor é evidente. A visão é clara, o ano que vem será sempre melhor do que o que passou! Este ano chega agora ao fim, trouxe desafios, alguns mais difíceis mas, com esperança e confiança, projectamos que o novo ano entre no caminho certo que  nos aproxima das nossas metas. Este tempo de transição de um ano para outro apresenta-se sempre como a oportunidade de delinear os objectivos, aquilo que queremos mesmo fazer e para isso nada como, numa folha em branco, escrever exactamente quais as metas a atingir.

Há que escolher, o bem estar é mesmo uma escolha; não caia na tentação do pessimismo pois certamente, o mal que acredita que está para vir, chegará. Também poderá ficar na espectativa, sem que esteja muito claro o que virá, a vida fará as suas curvas, terá os seus altos e baixos, com mais ou menos impacto conforme quiser deixar que isso lhe afecte muito ou pouco… Melhor mesmo é decidir como quer que seja, e fazer tudo para que seja melhor. Inspire-se naqueles que fazem bem e melhor.

Em linguagem de marinheiro, para não andarmos à deriva e podermos chegar a bom porto, é importante termos um destino, aprovisionarmo-nos, estabelecer um curso, traçar uma rota, definir uma data de chegada e… soltar as amarras. Poderemos cruzar a fúria dos oceanos, as calmarias dos trópicos, navegar por mares nunca antes navegados mas sempre com a  determinação de cumprir a missão e a vontade de alcançar o destino definido, chegar a bom porto.

Defina os seus objetivos, solte as amarras e Bom Ano de 2017, cheio de bem estar!

 

 

 

Eis que mais de 3 milhões de visitas depois continuamos a celebrar o Bem Estar!

2

Category : Bem-estar

DSC_9269

Decididos num rumo a dois na área do bem estar lançámos um dia o nosso blog apregoando aos quatro ventos O bem estar é uma escolha. Tome as decisões certas!

Hoje, mais de três milhões de visitantes já passaram por aqui e encontraram ideias, práticas, caminhos, soluções para o seu bem estar. Se ainda não se apercebeu, há pequenos milagres que estão simplesmente ao alcance de cada um de nós e dependem da sua vontade: pondo amor em tudo o que faz, cuidando da sua alimentação, dando umas boas gargalhadas, fazendo mais e melhor por si e pelos outros, partilhando…

Obrigada a todos os nossos leitores que ao passarem por aqui encontram uma luz no seu percurso de bem estar. Bem Hajam!

Lembre-se, o seu bem estar e daqueles que estão perto de si depende, em grande medida e sobretudo, de si.

O bem estar passa mesmo por aqui

A humanidade, o sentido da vida e o bem estar

6

Category : Gratidão

meaningO ser humano na sua essência é sempre o mesmo, agora e desde há muito tempo, apesar da evolução natural dos tempos, apesar das culturas dos povos poderem ser muitissimo diferentes; no essencial, na estrutura mental, no comportamento, somos todos idênticos seja quem for e onde for.

E isso é possivel observar nos dias de hoje, que qualquer um por exemplo nos confins de Africa, Asia ou América do Sul, tem ansiedades, manifesta sentimentos e emoções, exprime dor e sofrimento, alegria e júbilo da mesma forma que outro qualquer na Europa ou na América do Norte.

A mega experiência a nível global feita ao longo de 3 anos por Yann Arthus-Bertrand e reunida no filme Human mostra a humanidade na diversidade, atraves de perguntas respondidas nas palavras genuinas de cada um. Vale a pena mergulhar nesta incrível viagem que nos leva ao mais profundo na manifestação do amor, do sentido da vida, do perdão, da dor, da alegria, do humor, a quase tudo o que um ser humano é capaz de chegar.

Screen Shot 2016-05-11 at 17.14.49Mas o sentido da vida é sobretudo dar à vida um sentido.

O bem estar também passa por aqui.

Celebremos a Santa Páscoa de coração aberto e com bem estar

Category : Espiritualidade

207421_1982439881827_6586764_n

A Semana Santa é para os cristãos a Semana maior. E diz-se assim não porque seja cronologicamente maior do que as outras, como se tivesse mais dias, mas porque nela os cristãos celebram com intensidade o mistério mais profundo e mais importante a partir do qual toda a realidade adquire sentido. Mais ainda: cada dia da semana santa, e muito especialmente o tríduo pascal (paixão, morte e ressurreição), tem uma tal densidade que concentra em si todo o sentido da história…

Hoje, Quinta-feira santa, celebra-se a última Ceia e a agonia de Jesus no jardim da Oliveiras; amanhã, a Sexta-feira santa é o dia de luto que representa a entrega de Jesus por nós, morrendo na cruz. Sábado Santo é o dia do silêncio de Deus no sepulcro e nesse mesmo dia à noite e Domingo de Páscoa é a celebração da vida eterna.

A Páscoa, do hebraico Pessach que significa passagem, é na verdade a festa cristã mais importante do calendário litúrgico em que se celebra a Ressurreição de Jesus Cristo depois da sua morte na cruz (ver Sexta Feira Santa)

É uma festa móvel no sentido em que nunca se celebra na mesma data uma vez que se define Sexta Feira Santa, o dia da morte de Jesus na cruz, na primeira Sexta após a primeira lua cheia que ocorre depois do equinócio da Primavera  no hemisfério norte e equinócio de Outono no hemisfério sul; nesse Domingo festeja-se a Ressurreição. A Santa Páscoa poderá assim ocorrer entre 22 de Março e 25 de Abril.

Na verdade, Jesus celebrava a Páscoa hebraica com os apóstolos na ultima ceia, a festa da libertação que comemorava a fuga dos judeus da escravidão no Egipto por volta de 1280 a.C. O momento foi de partilha e humildade com os seus amigos apóstolos, a quem lavou os pés num gesto simbólico, revelador e indicador dos cuidados que podemos naturalmente ter com os outros; foi um gesto de bondade, ternura, humildade e generosidade que marcou para sempre os que O seguem e acreditam que a bondade expressa se reflecte em cada um e nos outros.

Celebremos pois de coração aberto e com bem estar mais uma Santa Páscoa

O tempo da Quaresma: reconciliação e bem estar

Category : Espiritualidade

desertoHoje quarta-feira de cinzas começa a Quaresma, para os Católicos o tempo de preparação para a Páscoa, habitualmente um período reservado para a reflexão e conversão espiritual.

Os 40 dias que nos separam da maior festa dos cristãos, a Páscoa, lembram os 40 anos de deserto do povo de Israel em busca da libertação e os 40 dias de jejum de Jesus a inspiração para este tempo especial de reflexão e penitência que culmina na Sexta-feira santa, e Domingo de Ressurreiçao .

É um tempo especial de maior aproximação a Deus, de mais profundidade espiritual em que os fiéis são convidados a fazerem uma comparação entre as suas vidas e a mensagem cristã expressa nos Evangelhos. Esta comparação significa um recomeço, o renascimento espiritual, a reconciliação; o cristão recebe simbólicamente as cinzas na eucaristia de hoje, intensifica a prática dos princípios essenciais da sua fé com o objetivo de ser uma pessoa melhor, proporcionar o bem aos outros, recolher em oração e penitência, preparar o espírito para acolher Cristo Vivo, Ressuscitado no Domingo de Páscoa e com Ele renascer.

Todas as religiões têm períodos voltados para a reflexão; nos hábitos da disciplina religiosa cada doutrina religiosa tem o seu calendário específico para seguir. A cor litúrgica deste tempo é o roxo, que significa penitência;  o roxo no tempo da quaresma não significa luto e sim simboliza que a igreja se prepara espiritualmente para a grande festa da Páscoa, a ressurreição de Jesus Cristo.

Cerca de duzentos anos após o nascimento de Cristo, os cristãos começaram a preparar a festa da Páscoa com três dias de oração, meditação e jejum. Por volta do ano 350 d. C., a Igreja aumentou o tempo de preparação para quarenta dias, a Quaresma tal como hoje a vivemos.

É um tempo especial e o Bem-Estar também passa por aqui…

Na azáfama dos presentes de Natal: o que é realmente importante?!

2

Category : Bem-estar

ikea-ikea-the-other-letter-600-34275

O materialismo e o consumismo marcam o nosso tempo e o Natal perdeu, de certa forma, o seu sentido real e profundo. É certo que o estar em família mantém-se como a matriz da festa, à roda de uma mesa onde o bacalhau e o perú são os pratos principais. A Sagrada Família  e específicamente o nascimento de Jesus, é e será sempre a razão pela qual festejamos o Natal e daí a importância de montar o presépio em casa com a colaboração de todos.

Mas os presentes tomaram conta do Natal duma forma exacerbada alterando-lhe em certa medida o verdadeiro sentido, e são na verdade os pais quem criam e incentivam esta realidade.

Aqui em Portugal no dia 24 ou no dia 25, conforme os hábitos das famílias, em Espanha no dia 6 de Janeiro, o dia de Reis, receber e oferecer presentes transformaram o grande evento natalício a um ponto que as compras se tornaram num imperativo altamente stressante. Para as crianças é a grande espectativa de receber isto, aquilo e mais aqueloutro. A crise recente terá refreado um pouco a loucura, mas a ideia, essa continua…

Muito a propósito, a IKEA lançou uma campanha desafiando para o exercício de descobrir o que é realmente importante quando uma criança faz os seus pedidos através de uma carta, em Portugal ao Pai Natal, em Espanha aos Reis (Magos), e depois disso, uma outra carta aos seus pais…

A esta campanha chamou A outra carta e vale a pena ver… O que é realmente importante?!

O bem estar também passa por aqui

Celebremos a Santa Páscoa, a festa da vida!

2

Category : Espiritualidade

9602_10200801471860292_2015394833_n

E eis que celebramos mais uma vez a Páscoa também designada pelo termo hebraico Pessach do Antigo Testamento,  a Passagem festejada  pelos judeus, em que recordam a libertação do povo de Israel do Egito, conforme narrado no livro do Êxodo. Para os cristãos esta é a festa mais importante do calendário litúrgico em que se celebra a Ressurreição de Jesus Cristo depois da sua morte na Cruz (ver Sexta Feira Santa)

É uma festa móvel no sentido em que nunca se celebra na mesma data porque se define a Sexta Feira Santa, o dia da morte de Jesus na Cruz, na primeira Sexta após a primeira lua cheia que ocorre depois do equinócio da Primavera  no hemisfério norte e Equinócio de Outono no hemisfério sul; no Domingo seguinte é sempre  festa da Ressurreição. A Santa Páscoa poderá assim ocorrer entre 22 de Março e 25 de Abril.

Na verdade, Jesus celebrava a Páscoa hebraica com os apóstolos na última ceia, a Festa da Libertação que comemorava a fuga dos hebreus da escravidão no Egipto por volta de 1280 a.C. O momento foi de partilha e humildade com os seus amigos apóstolos, a quem lavou os pés num gesto simbólico, revelador e indicador dos cuidados que podemos naturalmente ter com os outros; foi um gesto de bondade, ternura, humildade e generosidade que marcou para sempre os que O seguem e acreditam que a bondade expressa se reflecte em cada um, a partir de cada um e projecta-se nos outros.

Para os Cristãos a Páscoa ganhou um novo sentido que transparece no Novo Testamento;  descrita pelos quatro evangelistas  é na verdade a festa mais importante da Igreja. Após a preparação na Quaresma e chegada a Semana Santa, aproximam-se os dias mais importantes para a fé cristã que relembram a ultima ceia, a prisão, a tortura, morte e finalmente a Ressurreição de Jesus.

A Páscoa é a festa da Ressurreição em que Jesus vence a morte para mostrar o valor da vida; esse dia é depois estendido por mais 50 dias até o Domingo de Pentecostes (comemora a descida do Espírito Santo sobre os apóstolos de Jesus Cristo)

O lado doce da Páscoa é simpático e completa o espírito, mas vai muito além dos coelhinhos e ovos de chocolate; veja este pequeno filme aqui para relembrar o que é realmente a Páscoa e porque criamos o hábito de desejar aos outros  uma Feliz Páscoa.

O Bem Estar também passa por aqui

Wear sunscreen…

Category : Bem-estar

Veja este pequeno filme. De vez em quando vai querer vê-lo outra vez.

O conselho é apelativo e completamente dentro dos mais triviais e frequentes apelos ao cuidado a ter com o excesso de sol:

Use protector solar! Será até  desadequado este conselho à época do ano em que estamos em Portugal, mas não o é para o Brasil, ou para a Africa do Sul ou vários outros países onde agora se está em pleno Verão. Este trivial conselho é apenas um dos que podemos dar com relativa segurança porque tudo o resto na sua vida, é essencialmente determinado e desenhado por si. Veja bem se não é verdade. O texto original Wear Sunscreen foi escrito por Mary Schmich na coluna do Chicago Tribune em 1997 e mantém-se actual…

O bem estar também passa por aqui.

7 mil milhões de outros: a humanidade, o sentido da vida e o bem estar

2

Category : Eventos

SeteMilMilhoesDeOutros

É curioso quando pensamos que o ser humano, na sua essência, é sempre o mesmo agora e desde há muito muito tempo; claro, a civilização evolui, as culturas dos povos podem ser muitissimo diferentes mas no essencial, na estrutura mental, no comportamento, somos todos idênticos seja quem for e onde for.

E isso é possivel observar nos dias de hoje, que qualquer um nos confins de Africa, Asia ou América do Sul, por exemplo, tem ansiedades, manifesta sentimentos e emoções, exprime dor e sofrimento da mesma forma que outro qualquer na Europa ou na América do Norte.

Essa experiência fez o fotógrafo francês Yann Arthus-Bertrand; conhecido por um outro trabalho realizado há mais tempo, nos anos 90, que se tornou tema de uma exposição e dum livro La Terre vu du Ciel apresenta agora em Portugal o seu trabalho mais recente 7 mil milhões de Outros.

Há 10 anos que viaja pelo mundo a questionar as pessoas sobre várias vertentes da vida: Quais eram os seus sonhos de criança? Qual a importância da família? Já viveu uma história de amor? Que desafios já superou na vida? Quais os seus maiores medos? Seis mil pessoas, de 84 países, a falar 50 línguas e de culturas completamente diferentes  foram filmadas a responder às mesmas perguntas dando origem à vídeo-exposição 7 mil milhões de Outros, um retrato expressivo e abrangente dos habitantes da terra.

a17f614f1cba040e21554c657abca50f4387c

Mentor da Fundação GoodPlanet, o objectivo a que se propôs neste projecto foi de combater estereótipos e promover a reflexão, a solidariedade e a tolerância. A exposição que está agora em Lisboa no Museu da Electricidade mostra uma visão do mundo de diferentes perspetivas. Dividida por diferentes áreas, em pequenos espaços isolados pode ver as filmagens por temas especificos, sonhos de criança, família, histórias de amor, desafios de vida, medos etc; existe uma dedicada só aos portugueses, que falam sobre si e a sua visão da vida.

Transversal é que em toda a Humanidade o que cada um procura e gostaria de atingir é a felicidade e bem estar. Muito interessante, a merecer uma visita demorada.

O bem estar também passa por aqui.

Venha daí, inspire-se, crie uma família feliz!

Category : Bem-estar

Secrets-of-happy-families_custom-8118a64a774e239a74862ef2cee8fd1958d0cf64-s99-c85

Completamente na ordem do dia está a questão da importância da família como um pilar, um polo de felicidade, um factor de estabilidade e bem estar. É pois possível que a família seja uma base estruturante de felicidade? Alguns terão as suas dúvidas, nós acreditamos que sim e há quem tenha ido procurar casos na vida real que o possam comprovar!

Bruce Feiler é colunista do New York Times e publicou em 2013 o já bestseller The Secrets of Happy Families (existe a edição traduzida no Brasil, Os segredos das famílias felizes), depois de ter andado em campo à procura dos segredos para se conseguir ter uma família feliz.

Com base no que observou, Bruce Feiler criou um projeto inovador para melhorar a dinâmica familiar. Nada de conselhos de psicólogos, terapeutas ou professores, neste livro encontra uma nova abordagem para melhorar a forma de estar em família. Competente, sensível e cheio de dicas práticas e conselhos sábios, Os segredos das famílias felizes tornou-se leitura essencial.

Encontrando-se ele próprio na fase da vida em que a pessoa se divide entre a preocupação e o carinho de acompanhar os pais que vão envelhecendo, e educar os filhos que entretanto crescem, achou importante procurar conhecer a melhor forma de o fazer, para que entre os pequenos núcleos familiares houvesse uma interacção saudável e construtiva baseada nos valores, no amor e na compreensão.

9788522015153-500x500

Ao observar no terreno as técnicas que usam na prática as familias, o seu team buliding e a capacidade de resolução dos problemas, encontrou um conjunto de boas práticas que tem resultados evidentes. O programa que adoptou para a sua própria familia inclui um plano radical de reshape your family in twenty minutes a week com o claro objectivo de responder às triviais questões: Como organizar o caos das nossas vidas? Como transmitir valores aos nossos filhos? Como fazer da nossa família mais feliz? Aqui ficam algumas pistas para depois explorar melhor e  pôr em prática:

 

 

  • Crie uma declaração de missão da família;
  • Conheça e partilhe a história familiar, (os bons e os maus momentos);
  • Promova os encontros familiares regulares para todas as idades que permitam às diferentes gerações interagirem;
  • Discutir é bom mas de forma construtiva;
  • Faça as refeições em conjunto, é muito importante para as crianças jantar em família desde que são pequenas;
  •  Dê tempo de qualidade à sua família;

O bem estar passa mesmo por aqui