E como facilitar a vida aos Daltónicos? ColorAdd® o código que identifica as cores!

Category : Saúde

Muitos nem imaginam que, para quem é daltónico, a visão do mundo tem um colorido bem diferente… O daltonismo é uma perturbação na visão caracterizada pela incapacidade de diferenciar todas ou algumas cores e manifesta-se sobretudo pela dificuldade em distinguir o verde e o encarnado. Para ter uma ideia, veja este pequeno filme aqui. Este distúrbio era já conhecido e diagnosticado desde o século XVIII e recebeu o nome em homenagem ao químico John Dalton, o primeiro cientista a estudar esta anomalia de que ele mesmo era portador. Na verdade, sabe-se que afecta sobretudo a população masculina, mais precisamente  10% dos homens, o que equivale a cerca de 350 milhões de pessoas!

Miguel Neiva, professor da Universidade do Minho, pesquisou a fundo esta deficiência e acabou por criar um código de cores universal para daltónicos, o ColorAdd®, que foi já adoptado por empresas diversas que usam este código para identificação das cores (tintas, lápis etc) e despertou interesse internacional pela ajuda que dá a muitos dos que têm incapacidade de reconhecer algumas das cores: o ColorAdd® é, portanto, um código de cores universal para daltónicos.

Veja aqui a apresentação deste código para decifrar as cores: cada forma corresponde a uma cor e da combinação das formas resulta uma cor o que permite aos daltónicos identificá-las correctamente.

O bem estar também passa por aqui!

 

Viver com diabetes: como manter o seu bem estar…

2

Category : Saúde

Ter diabetes é a realidade de uma grande quantidade de pessoas nos dias de hoje; muitas vezes resulta de um factor genético, podendo haver uma predesposição na sua família, mas essencialmente acaba por aparecer em resultado de alimentação não adequada desde que se é criança.

Ser diabético significa que se tem  mais açúcar no sangue do que o normal e o desejável. Quando nos alimentamos, todo o açúcar digerido vai para a corrente sanguínea e depois é distribuído pelo organismo.  Mas acontece que às vezes o açúcar não é absorvido corretamente nas células que precisam dele, e para isso acontecer é necessário uma substância chamada insulina.  A função da insulina é precisamente levar o açúcar do sangue para as células do corpo que precisam de energia.

O nosso corpo geralmente produz a quantidade suficiente de insulina, mas nem sempre isso acontece pois quando a produção de insulina é baixa as células, que precisam de açúcar, não têm como obter energia. Como consequência, as células ficam sem energia e o açúcar vai-se acumular no sangue. É então que aparece a diabetes.

Mas o que causa realmente a diabetes? Bom, existem 2 tipos de diabetes e portanto diferentes grupos de causas.

A diabetes tipo 1 pode ser causada  pelos seguintes fatores:

1)     Predisposição genética;

2)     Fatores ambientais como infecções por vírus.

A diabetes tipo 2 pode ser causada por:

1)     Pressão/tensão alta;

2)     Colesterol alto;

3)     Sedentarismo;

4)     Obesidade ou excesso de peso.

É importante saber que a diabetes não tem cura e o que se pode e deve fazer é sobretudo controlar a doença; esse controle parte essencialmente de três factores: ter uma alimentação saudável, fazer atividades físicas regularmente e tomar os medicamentos indicados pelo seu médico. A opção de medicamentos para tratar a diabetes é variada e pode encontrar-se online; existe, por exemplo, o Victoza, um medicamento indicado para tratar a diabetes tipo 2 mas será apenas o seu médico que pode prescrever e indicar o melhor remédio para o seu caso.

Nem sempre o uso de medicamentos é necessário, e geralmente apenas com uma alimentação mais saudável e cuidada a diabetes já pode ser controlada. A dica então é mesmo fazer mais exercício e diminuir drásticamente o consumo de alimentos gordurosos.

O bem estar também passa por aqui!

Bem haja GREENsheikh pela dinâmica inspiradora!

Category : Personalidade

Estivemos ontem na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa a assitir à interessante palestra, promovida no âmbito dos doutoramentos em Ecologia Humana e Estudos Urbanos, intitulada “The power of sustainable future and the role of youth leadership” cujo orador foi o Sheikh Abdul Aziz Al Nuaimi, conhecido como o “Sheikh Verde”. Sobre a intervenção do Sheik na FCSH clik aqui no link do YouTube.

Membro da Família Real do Emirato de Ajman, dos Emiratos Árabes Unidos, é conselheiro do governo de Ajman para os assuntos ambientais e reconhecido internacionalmente pelo seu papel activo em temáticas associadas à prática da sustentabilidade; consciente da importância do elo que une toda a humanidade para lá das diferenças de cultura ou religião transmitiu com grande convicção acompanhado de um grande sentido de humor, a capacidade que cada um tem em fazer a diferença inspirando os outros pela acção.

Os jovens correspondem a 60% da população do Médio Oriente daí que a sua energia, vitalidade e capacidade de iniciativa sejam preciosas à melhoria da situação ambiental e social que actualmente se vive na região; Abdul Aziz Al Nuaimi destaca a importância do papel modelo e dinamizador que pessoas como ele podem desempenhar junto desses mesmos jovens. Os actos, a dinâmica da acção, ser respeitado e ser inspirador, para os mais novos será contagiante para que ajam corretamente.

Formado em Engenharia Química e de Petróleo, com um doutoramento em Ecossistemas Industriais e de Produção Limpa, as suas intervenções abarcam áreas como o ambiente, as alterações climáticas, a paz e a juventude enquanto guardiã de um futuro partilhado.

Abdul Aziz esteve primeiro no Porto onde participou no Congresso Internacional promovido pela organização O Condominio da Terra e é membro activo da Plastic Pollution Coalition; pode ver e ouvir o aqui a intervenção do Green Sheikh no TEDxAjman em 2011.

A página pessoal do Sheikh pode ser consultada em http://www.greensheikh.com/

O bem estar também passa por aqui!

 

Muito a propósito de Bem Estar, estou desempregada! E agora?

3

Category : Nós aconselhamos

Vivemos tempos complicados, dificeis para muitos que se deparam com situações que parecem não ter saída, e os portugueses estão a vive-los de forma intensa. Às vezes a memória é curta e, de facto, não há muitos anos, nas décadas de 60 e 70, a grande maioria da população portuguesa vivia em condições bem precárias. Acho que muitos dos jovens de hoje nem imaginam a vida realmente dificil que tantos, muitos mesmo, tinham nesse tempo. Felizmente o final da década de 70 e os anos 80 representaram uma enorme viragem na vida de muitas pessoas, um novo ciclo de bem estar emergiu, teve o seu auge e conheceu já o seu terminus

E um novo tempo de desafios é aquilo que agora vivemos, um tempo para reeinventar, descobrir, mudar, começar de novo. O desemprego é uma das realidades duras de enfrentar e ultrapassar que podemos encarar de duas formas: o lamento e a resignação ou a luta por novas oportunidades. Jaqueline Silva escreveu um livro (Editora Prime Books) que pode ser muito útil sobretudo para aqueles  que não querem ficar de braços cruzados à espera que a solução caia do céu: Estou Desempregada, E AGORA?

Não é, por isso, um livro de teorias sobre o desemprego, nem de ajuda a preencher formulários que não conduzem a lugar nenhum. É um livro de alguém, jovem, com formação superior e curso acabado, com espírito empreendedor, que caiu no desemprego e que conta na primeira pessoa como ultrapassar o problema. Igualmente útil para quem foi parar ao desemprego como para quem procura o primeiro emprego, é um livro eminentemente prático, repleto de dicas, que ajuda o leitor a encontrar um vasto conjunto de pistas, ideias e sugestões para dar uma volta completa à sua vida.
Inclui ainda um kit de sobrevivência com listas e sugestões úteis sobre o que fazer no dia-a-dia numa altura em que não se tem que ir para o trabalho.

O bem estar também passa por aqui!

Ano Novo, Vida Nova: reinvente-se!

3

Category : Acreditar

Nada melhor do que o ano novo a começar para definir objectivos, clarificar ideias, acreditar, fazer acontecer. Há em cada um de nós, como que um renascer, uma vontade renovada! E é muito bom que asim seja porque sabemos que para alguns esta altura tem um efeito quase preverso em que os pensamentos negativos se acentuam, a desilusão invade o espírito e nada parece fazer sentido…

Felizmente existem as ferramentas para combater a corrente negativa e que ajudam os que mais precisam a retomar o seu caminho e a acreditar: lembre-se que só você consegue fazer a diferença na sua vida e que a vida é, na realidade, conforme você a desenha!

Sabemos que para muitas pessoas, perante uma certa situação, a mente fica vazia, o pensamento não é claro, a angústia invade o ser, o desespero  bloqueia as ideias, o estômago começa a dar nós, a energia desvanece… O médico espanhol Mario Alonso Puig partiu deste patamar para perceber o funcionamento da mente humana e sugere um convite irrecusável: reinvente-se!

Isto não quer dizer que tem de se tornar numa pessoa diferente, mas sim que pode caminhar num processo de autoconhecimento, onde de forma progressiva descobrirá o seu verdadeiro ser. Um espaço dentro de si que não conhecia, mas que é surpreendente e mágico. A angústia e o sofrimento que vivemos no dia-a-dia são uma opção. É uma forma de olhar a vida, sobrevalorizando as culpas do passado. Mas, na verdade, a nossa natureza fundamental é feita de serenidade, alegria, criatividade, amor e energia que transformam por completo o nosso dia-a-dia, trazendo maior calma, ilusão e confiança para as nossas vidas.

O livro de Mario Alonso Puig está publicado em Portugal na Esfera dos Livros e já chegou ao Brasil através da editora Livros de Safra onde está a ser um sucesso. Veja aqui e aproveite este novo ano para reinventar-se!

O Bem Estar também passa por aqui!

E já agora muito a propósito de Brasil e de Bem Estar deixamos aqui uma pista muito interessante para quem quer trabalhar nesta área; faça uma visita ao site http://vidajobs.hpw.com.br/ onde encontra novas oportunidades todos os dias!